• Equipe FEEF

FPEFIT REALIZA 1ª ETAPA DO FÓRUM ECONÔMICO ESPORTE FITNESS

Evento online teve como foco principal a inovação e tecnologia na Educação Física


Começou no último sábado (8) o FÓRUM ECONÔMICO ESPORTE FITNESS, uma idealização da Federação Paulista de Esportes & Fitness em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo. Dividido em três etapas, o evento abordou em sua primeira parte o tema “Inovação”.


Na abertura do fórum, o vice-presidente do Conselho Regional de Educação Física de São Paulo (CREF4/SP), Pedro Souza, destacou a importância de se debater o papel do profissional da área no combate à covid-19. “Foram muitos os equívocos ao classificarem, em todo o país, a atividade física como não essencial. Além de prejudicar a saúde das pessoas, isso trouxe prejuízos financeiros que acometeram empresários, profissionais de Educação Física e a toda a população, privada de praticar esportes por tão longo período”, analisou.





Painéis do dia


Entre os destaques do primeiro dia de atividades, o painel inaugural “Inovação: O Sucesso do Profissional de Educação Passa Por aqui” foi apresentado pelo melhor personal trainer do mundo no ano de 2014, Cristiano Parente. Segundo ele, inovar significa fazer algo novo, diferente do usual e que pode atender as necessidades das pessoas, e hoje há lacunas no mercado que muitos profissionais não estão sabendo como aproveitar.


“Por que o sucesso está na inovação? Hoje, 96% da população mundial não consome produtos e serviços fitness. Se o profissional solucionar problemas a partir de um atendimento atraente e fora do padrão, seguramente atrairá quem nunca se interessou e os outros 4% que já se interessam comprarão ainda mais”, explica.


Transformação digital


Um dos assuntos mais discutidos no mundo todo é a aceleração dos processos de digitalização de empresas, serviços e vendas de produtos. Nesse sentido, a Educação Física não fica de fora e já não é mais tão incomum encontrar healthtechs que prezam por inserir a tecnologia em prol da saúde e bem-estar das pessoas.


Segundo palestrante do dia, o cofundador e CEO da Betteryoo, Gustavo Drago, a transformação digital está atrelada a mudança de comportamento em relação à economia a partir de dois pontos fundamentais: a velha e a nova economia. “A primeira delas é pautada em algo mais conservador, analógico, marcado pela obediência e correria, enquanto a nova preza pelo digital, coworking, por propósitos e inspiração. Passamos a ver o negócio como estilo de vida”, diz.


Diante disso, Drago vê um grande potencial das plataformas de saúde e bem-estar, que podem se aproveitar das novas necessidades do mercado. Em sua apresentação, o empresário revelou que, dentre os principais motivos para as pessoas praticarem atividades físicas estão: 70% do público preza por cuidar da saúde, 47% em cuidar da mente, 37% para manter o hábito e 34% ocupar o tempo.


Já o consultor Alan Marques, especializado no mercado esportivo e fitness, vê o streaming como uma nova e interessante fonte de prestação de serviços. “Apesar das mudanças comportamentais durante a pandemia, é importante frisar que estamos em constante evolução, e essa migração para os meios tecnológicos já era uma tendência natural e apenas teve seu processo antecipado e acelerado durante a crise”, afirma.


Oportunidades com atletas de eSports


Cada vez mais, tratar os jogos eletrônicos apenas como brincadeira ou atividade sedentária é um erro. É o que explica Moacyr Laves Júnior, cofundador da 7W Play e um dos maiores responsáveis pelo cenário dos games no Brasil. Segundo ele, os jogadores necessitam, assim como os atletas de modalidades convencionais, de uma preparação física específica para desempenhar suas atividades em alto rendimento.


Esse trabalho é feito a partir de treinos de força reativa e exercícios de explosão e respiração, aliados a yoga e pilates. “São feitos alongamentos para dedos, costas e pescoço, priorizando a postura e agilidade dos movimentos próprios para cada dispositivo, de modo a prevenir lesões, dores e tendinites”, detalha o preparador físico de atletas de eSports e CEO da Player Fit, Guilherme de Oliveira.


Ao contrário do que muita gente pensa, praticar jogos eletrônicos pode exigir muito do físico de um atleta, como explica Oliveira: “Há estudos feitos na Europa que comprovam que a frequência cardíaca de um jogador da modalidade é superior à de um maratonista, enquanto em uma única partida eletrônica é possível executar mais movimentos assimétricos (ou seja, mais de um lado do que de outro) do que um jogador profissional de tênis de mesa”.


O evento


Iniciado nesta semana, o fórum terá mais duas etapas nos próximos dois sábados, dias 15 e 22 de maio, abordando os temas “Oportunidades” e “Gestão e Administração”. Segundo a presidente da FPEFIT, Marlene Gouveia, “o projeto foi criado especialmente para apresentar as novidades, soluções e oportunidades do mercado para o profissional de Educação Física nos tempos atuais”.


Para isso, a programação do fórum conta com um elenco composto por profissionais renomados e entidades de peso, visando trazer à cadeia produtiva insights preciosos de transformação e criatividade para os novos cenários causados pela pandemia. Indo além da crise, o profissional da área também entenderá como pode e deve se preparar e quais as tendências do segmento.


Segundo o vereador Rodrigo Goulart, responsável pela emenda parlamentar que viabilizou o evento, vários estudos internacionais dizem que a atividade física diminui em oito vezes a probabilidade de casos graves de covid-19. Além disso, há um contexto econômico muito importante a se levar em consideração a partir do trabalho dos profissionais de Educação Física e da manutenção da abertura das academias, visando não apenas promover a saúde como ajudar economicamente as cidades, estados e o país como um todo.


O FÓRUM ECONÔMICO ESPORTE FITNESS é uma realização da Federação Paulista de Esportes & Fitness em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo, com apoio do Conselho Regional de Educação Física de São Paulo (CREF4/SP), Associação Brasileira de Academias (Acad Brasil), Sindicato dos Profissionais de Educação Física do Estado de São Paulo (SINPEFESP), Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRCSP), Fitness Mais, Família do Esporte, BetterYoo,Fecomercio SP, Sindicato dos Estabelecimentos de Esportes Aéreos, Aquáticos e Terrestres do Estado de São Paulo (SEEAATESP). Confederação Nacional de Serviços (CNS) e ISPO.


Programação e inscrições no site oficial: www.forumeconomicoesportefitness.com


Siga-nos nas redes sociais:


Facebook: https://www.facebook.com/F%C3%B3rum-Esporte-Fitness-107144337896119

Instagram: https://www.instagram.com/forumesportefitness/?hl=pt-br

Twitter: https://twitter.com/forumesportefit


@forumeconomicoesportefitness @forumesportefitness @forumesportefit @fpefit.oficial #fpefit.oficial @fpefit @crefsp #cref @crcsp_oficial @crcspoficial @oabsaopaulo @cfoab @fecomerciosp @betteryoo #beteryoo @familiadoesporte #crc #fitness #educacaofisica #academia #oab @sinpefesp #sinpefesp @fitnessmais #fitnessmais @seeaatesp

24 visualizações0 comentário